quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Desafio: 30 Dias de Gratidão


“A gratidão abre a plenitude da vida. Transforma o que temos em  e mais. Transforma a negação em aceitação, o caos em ordem, a confusão em clareza. Pode transformar uma refeição em um banquete, uma casa em um lar, um estranho em um amigo.”

Tina Wilson 

Olá pessoal, espero que estejam todos bem. Hoje quero partilhar um desafio que estou a fazer, que é o desafio “30 Dias de Gratidão”. Descobri este desafio quando estava a pesquisar na internet alguns assuntos e me deparei com o blog da Thays Lessa (acho que é assim que se escreve), e realmente percebi que eu sou muito pouco grata pelas coisas e pessoas que tenho, ou demonstro pouco que me importo com elas. A verdade é que quanto mais reclamamos da vida mais problemas aparecem, e existem pessoas que estão em situações piores do que a nossa. Ser grato é uma escolha que cada um deve fazer, isso não só melhora a nossa vida como as  das pessoas a nossa volta. Imagina se hoje você  acordasse apenas com as coisas que agradeceu ontem, o que terias? Provavelmente nada (tal como eu, antes deste desafio), nem a própria vida, não só não temos o hábito de agradecer como simplesmente esquecemos que se temos problemas é porque estamos vivos, apenas os mortos não choram, não riem, não são magoados. Algumas vezes o que temos de fazer é parar, respirar e agradecer pela saúde que temos, pela mãe, pelo pai, pela comida porque há quem nada tenha.
E ser grato aumenta sim as chances de sermos felizes porque nos fixamos no presente, não somos consumidos pelos erros do passado nem ficamos ansiosos pelo futuro.

Dito isto, o desafio consiste em durante 30 dias escrevermos/ publicarmos nas nossas redes sociais, num caderno ou em oração, 5 motivos pelos quais somos gratos. Eu estou a fazer o meu no storie do Instagram e no Facebook. Faça também, verás que terás dias melhores apenas por seres mais agradecido (a). Partilha comigo nos comentários os teus 5 motivos para seres grato(a) hoje?

Um beijo

domingo, 27 de janeiro de 2019

Como poupar dinheiro ?



Cheguei aos 18 anos como lidar com o dinheiro?

Com os 18 anos vem a maioridade e por regra é a idade para correr atrás da autonomia financeira.
É apartir da maioridade que estamos aptos para ter uma conta bancária única.

Em Angola há pouca educação financeira e hábito de poupança. Muitos querem mas pouco sabem sobre como poupar.

Dizia um grande dito popular: "é de grão a grão que a galinha enche o papo”.

Algo parecido aconteceu comigo, mas não teve nada a ver com dinheiro, fosse bom que tivesse, talvez a essa hora já teria quase 1,000.000.00 kz ou mais em poupança.

Não tinha o hábito de leitura e infelizmente poucos lêem. Não via sentido ou ganhos em ler um livro.

Em casa, meu pai era o único com esse hábito. Certo dia, comprou o livro "Eu consigo" de uma escritora francesa.








O livro trazia um CD do livro em audio e tocou o dia inteiro, a escritora diz que antes de fazermos algo devemos ter em mente que conseguimos, dizendo em voz alta e bom som: eu consigo.

Foi o que lideres mundiais como Barack Obama ex-presidente dos Estados Unidos, disse.

Só depois de mentalizarmos é que partimos para a prática, e um dos EU CONSIGO que ela mais citava era sobre o hábito de leitura.

Agora lhe faço novamente a pergunta será que o caro leitor, consegue poupar?

A escritora aconselha a pegar em artigos pequenos, uma revista, brochura, post num blog qualquer, tal como esse ou um livro de 50 pág. Mentaliza que consegue acabar de ler por completo as 50 pág, quando terminar procure um de mais páginas e dai por diante, foi isso que aconteceu comigo.

O mesmo aplica-se ao dinheiro ou ao poupar o dinheiro.
Nesse artigo, vouu lhe presentar um exercicío de como fazer isso, com um metodo sugerido pelo BFA (Banco de Fomento Angola):



Chama-se: Método das 52 semanas.

O método das 52 semanas consiste em poupar o equivalente aos números das semanas do ano.
Hoje terás de guardar 100 kz da primeira semana, na próxima semana + 200 kz, na seguinte + 300 kz e por ai em diante até, na ultima semana do ano economizar 137.000 kz.

Depois de você estar rodado com esse método poderá fácilmente aumentar a quantia inicial e o acréscimo do valor por semana sem nenhum problema.
Já estará no sangue, tal como o hábito pela leitura

100 kz uma quantia insignificante, mas que fará toda a diferença no final das 52 semanas.

Vale a pena tentar,
A conversa continua nos comentários.

Por: Adilson Dala

Novo, Novo Eu?



Reflexões para o Ano Novo são clichês ? Talvez, alguns dizem que é uma questão de calendário, por exemplo na China o Ano Novo é no meio do ano (para nós que seguimos o calendário gregoriano) porém, estas reflexões  são necessárias. O Ano Novo é a oportunidade que o universo nos oferece para recomeçar/continuar, temos mais 365 dias para arrumar a confusão, tirar os projectos dos papéis ou simplesmente ser mais gratos por tudo o que temos. Mas hoje vamos refletir  contigo o seguinte: Quantas vezes foste infiel a ti mesmo (a), só para não te sentires “invisível”? Quantas vezes tiveste de fazer coisas de que não gostavas só para “pertencer” ao grupo? Quantas vezes reclamaste de barriga cheia? Quantas vezes desististe sem sequer tentar duas vezes? Quantas pessoas magoaste ? Quantas pessoas foram mais felizes só por existires na vida delas? Viste o Sol a nascer? Disseste aos teus pais que os amas? Deste uma prenda inesperada a alguém especial? Pois é. Acredita que cada um de nós já esteve numa situação idêntica, perdoa-te por isto, passou.

Em 2019 o nosso desejo  é que tu, nós sejamos  mais fiéis aos nossos princípios e valores, sejamos mais gratos, mais carinhosos e próximos  àqueles que realmente valem a pena que são a família e os amigos ♥️.Metas materiais são boas (ficar mais magra, comprar um carro, melhorar a saúde etc) mas o Ano Novo não será novo se internamente continuamos velhos, com os mesmos hábitos. Aproveite esta “euforia” para acalmar e ouvir a voz do teu coração, a resposta para o que procuramos muitas vezes (ou sempre) está em nós e não fora.


QUE 2019 seja o TEU ANO, o NOSSO ANO. Cheers 🎉🥂🍾